Resultados esperados


O projeto centra-se na promoção da nanotecnologia como tecnologia essencial para o desenvolvimento de novos materiais plásticos de elevado valor acrescentado baseados no uso de nanomateriais (NMs).

O projeto pretende abordar as barreiras atuais para o investimento em nanotecnologia por parte das empresas, a maioria delas PMEs, que compõem o sector dos plásticos, dotando-as de novas ferramentas para cobrir as suas necessidades tecnológicas e formativas, contribuindo para melhorar a sua competitividade. O desafio comum que aborda o projeto é assegurar a viabilidade técnica e a segurança dos processos e dos produtos baseados no uso de NMs.                                                                                 

O enfoque para abordar os desafios definidos tem por base o desenvolvimento de ferramentas para apoiar a tomada de decisões, incluindo aplicações para a identificação de NMs e sua aplicações baseada na técnica de prospeção de dados, métodos para a caracterização de perigos com base na toxicologia computacional, e ferramentas de avaliação da exposição baseadas em modelação.


Árvore de decisões

Será realizada uma árvore computorizada de tomada de decisões. Esta ferramenta, com base no Excel, servirá para que as empresas, em partículas as PMEs, possam selecionar novos nanoenchimentos para os seus produtos.

A árvore de decisões é uma ferramenta multicritérios que procura propor aos usuários o nanomaterial mais adequado em função de uma série de parâmetros como o tipo de produto final, o tipo de propriedade que se pretende dar ao produto, o preço, a disponibilidade no mercado e as propriedades toxicológicas e ecotoxicológicas. O resultado para o usuário final é a proposta de um material nanométrico com o qual conseguirá resultados adequados e seguro.


Ferramenta de busca avançada

O pesquisador inteligente integra os algoritmos desenvolvidos numa linguagem de programação aberta e simples que permite a gestão e a representação dos dados numa interface web. O pesquisador avançado será parte da plataforma web NanoDesk, de acesso livre e orientando para a exploração rápida da informação com base nos critérios de busca definidos pelo usuário. 

 

A implementação na web favorece a transferência dos resultados a microempresas e PMEs, dotando as empresas do sector dos plásticos de uma ferramenta de elevado valor acrescentado para a exploração e busca de informação, apoiando a seleção de NMs adequados considerando parâmetros de viabilidade do processo, riscos para a saúde e questões legais.


Observatório de segurança

O portal web do observatório consiste numa ferramenta web, dirigida para a difusão, análise e exploração de informações úteis para a tomada de decisões estratégicas das empresas e instituições. O portal será estruturado em diversas secções incluindo notícias, downloads, links e uma aplicação de vigilância tecnológica e novidades do sector.


Modelos QSAR

Os modelos QSAR para a previsão de quatro propriedades de especial relevância para a avaliação do perigo dos NMs serão implementados na plataforma web NAnoDesk, sendo um dos seus componentes essenciais.

 

Os modelos QSAR (acrónimo do inglês “Quantitative Structure-Activity Relationships”) são modelos matemáticos em forma de correlações estatísticas relacionando um ou mais parâmetros quantitativos derivados a partir da estrutura química com uma medida quantitativa de uma determinada propriedade físico-química ou atividade biológica/toxicológica.

 

O desenvolvimento destes modelos é essencial no contexto deste projeto, sendo que a sua aplicação permitirá a determinação do perfil de perigo dos NMs, fazendo-o como alternativa a ensaios in vitro e in vivo, tal como recomendam as instituições internacionais como a OECD e a ECHA.

 


Modelos de previsão:

 

No âmbito do projeto vão ser desenvolvidos três diferentes modelos de previsão:

 

  • O primeiro modelo consistirá numa previsão dos níveis de exposição a partículas no range dos nanómetros em processos associados ao ciclo de vida dos NMs no sector dos plásticos, abrangendo desde as operações de síntese aos processos de fim de vida, e incluindo operações de limpeza e acidentes. Os modelos de exposição dos trabalhadores permitirão o uso seguro dos mesmos por parte das empresas.

 

  • O segundo é um modelo de análise de fluxo de matéria (MFM) combinado com equações de transformação e destino de contaminantes no meio ambiente, implementado em Phyton ou outra linguagem adequada, e dirigido à quantificação dos níveis de emissão de NM no meio ambiente e previsão das suas concentrações no ar, água e solo. Este modelo permitirá determinar as matrizes ambientais com maior concentração de NMs, propiciando uma melhor gestão dos trabalhos de proteção dos habitats.

 

  • O último modelo a realizar no projeto procura estimar os valores de exposição a NMs no consumidor final dos materiais poliméricos nanoestruturados. O modelo a desenvolver baseia-se na combinação de modelos de fluxo da matéria, algoritmos de libertação de NMs, e previsão de consumos. É pretendido com isto a proteção da saúde humana e estimular a demanda de produtos de valor acrescentado.

 


 

Ferramentas de difusão

Está prevista a criação de uma série de ferramentas de difusão e comunicação do projeto. Para tal, estão previstos diferentes eventos, workshops e webinars com o propósito de difundir a informação gerada pelo projeto.